AMINOACIDOS, CROMATOGRAFIA QUALITATIVA

SINONIMIA: Cromatografia de Aminoácidos; Cromatografia de Aminoácidos Qualitativa; Screening para Erros Inatos do Metabolismo; Aminoácidos – Pesquisa por Cromatografia; Aminoácidos – Pesquisa Neonatal; Cromatografia de Aminoácidos Neonatal;

MÉTODO: Cromatografia Líquida de Alta Performance – HPLC

MATERIAL: Sangue. Gotas de sangue saturada em papel de filtro (nos dois lados do papel).

CONDIÇÃO:
– Colher preferencialmente entre 3 a 30 dias de vida.
– Coletar antes do terceiro dia de vida apenas caso exista solicitação médica.
– Colher sangue entre uma mamada e outra.

QUESTIONÁRIO: Informar medicamentos em uso.

COLETA: Colher sangue suficiente para preencher 1 círculo de papel de filtro
saturado dos dois lados do papel. Deixar secar a gota de sangue (temperatura ambiente) e envolver em papel alumínio para enviar.

CONSERVAÇÃO E ENVIO: O sangue colhido em papel de filtro poderá ser mantido até 72 horas a temperatura ambiente e até 30 dias refrigerado entre 2o e 8o C, em embalagem plástica (abrigo da luz) com vedação.

SETOR: SAL (Terceirização de Exames)

MARCAÇÃO: 2 dias úteis.

REALIZAÇÃO: Hermes Pardini

APLICAÇÕES CLÍNICAS: A cromatografia qualitativa de aminoacidos eh um teste eficiente empregado na triagem neo-natal de provavel alteracao da fenilalanina e, ou de outros aminoacidopatias e tem uma excelente capacidade de discriminacao entre a fenilalanina e tirosina.

VALOR DE REFERÊNCIA:
Nota: Como em casos poucos frequentes pode haver varioações transitórias do nível de aminoácidos, em casos suspeitos, sugere-se repetir a prova.

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 05/05/2005

Compartilhe nas redes sociais

Consulte outros exames

Olá, como podemos te ajudar?